• Ana_Mostra1
  • Ana_Mostra2

OBRAS DISPONÍVEIS obras

Artista / Artist Ana Maria Dias

Estado / State São Paulo

ANA MARIA DIAS

1950 - Porto Feliz, SP.
Da infância, passada na histórica cidade paulista de Porto Feliz, ela guardou a maioria das cenas que, posteriormente, quando começou a se dedicar à arte, transportou para as suas telas.
Embora só tenha feito sua primeira exposição em 1980, no Museu da Casa Brasileira, na capital paulista, Ana Maria Dias já expunha em coletivas desde 1975, quando mostrou suas pinturas no “Salão de Artes Plásticas de Porto Feliz” e, a seguir, em outras cidades paulistas.
A partir de 1982 têm sido freqüentes suas apresentações em galerias de arte na França (Galerie Naïfs du Monde Entier de Paris e Galerie Jacqueline Bricard em Lourmarin), na Suíça (Galerie Pro arte kasper de Morges), e em Israel (Gina Gallery de Tel-Aviv).
Sua pintura é toda ela voltada para a evocação dos dias felizes da infância. Ela retrata as velhas e belas fazendas, com seus pomares e seus trabalhadores rurais, a vida doméstica, as brincadeiras infantis, os meios de transporte. Principalmente os campos esverdeados que circundam pelas montanhas. “As telas de Ana Maria Dias tornam-se elementos documentais da vida sem artifícios dialéticos”, observa o crítico Jorge Anthonio da Silva na apresentação do catálogo de sua individual na Galeria Jacques Ardies, em 1993. Outras individuais foram realizadas na mesma galeria em 1983, 1986, 1993, 1998 e 2009. Além de ilustrar cartões para diversas entidades brasileiras, seus trabalhos foram enfocados também pela editora Max Fourny nos livros La Cite et les Naïfs e L’Arbre et les Naïfs.

 

When she started to paint, Ana Maria Dias used her canvas to show scenes from her childhood in Porto Feliz, an historical town in rural São Paulo.
Although she only had her first solo exhibition in 1980 at the Museu da Casa Brasileira in São Paulo, she started to participate in collective shows from 1975, when she showed her work for the first time at the Salão de Artes Plásticas de Porto Feliz, and then in other cities in around the state.
She has exhibited regularly from 1982 in art galleries in France (Galerie Naïfs du Monde Entier in Paris and Galerie Jacqueline Bricard in Lourmarin), in Switzerland (Galerie Pro Arte Kasper in Morges), and in Israel (Gina Gallery in Tel-Aviv).
Her painting evokes happy childhood days. She portrays charming old farms, with their orchards and rural workers, the daily life of the countryside, childhood games, the transport. Above all, the green meadows surrounding the mountains. “The paintings of Ana Maria Dias document aspects of life without adopting dialectic artifices“, observes the art critic Jorge Anthonio e Silva in the catalogue of her solo exhibition at Galeria Jacques Ardies in 1993.  This was the first of many such shows - in 1983, 1986, 1993, 1998 and 2009. Besides illustrating greeting cards for numerous Brazilian philanthropic entities, her works were also featured by the publisher Max Fourny in the books La Cite et les Naïfs and L’Arbre et les Naïfs.