• Doval Mostra1
  • Doval Mostra2

OBRAS DISPONÍVEIS obras

Artista / ArtistDoval

Estado / State Rio Grande do Sul

DOVAL

(Inacio Dorvantil Nunes Rodrigues)
1957 – Santa Vitoria do Palmar - RS

Seus primeiros anos foram dedicados ao futebol, jogando como juvenil no Inter de Porto Alegre e como titular do Figueirense e Caxias, times do Rio Grande do Sul. Depois dos treinos cansativos procurava se dedicar à pintura como uma fórmula mágica de equilíbrio existencial e já vislumbrando uma profissão alternativa para se sustentar.
Transferiu-se com a sua esposa e as duas filhas para São José perto de Florianópolis, Santa Catarina. Participou de coletivas na Galeria do Teatro Carlos Gomes, em Blumenau, do “IV Salão Catarinense de Novos Artistas”, em Florianópolis e de outros eventos no sul do país, tendo intensa participação em exposições coletivas, salões e leilões de arte.
Individualmente expôs no Espaço Cultural Fernando Beck, em Florianópolis (1997), e, no mesmo ano, no Espaço Cultural Açu-Açu, em Blumenau, Santa Catarina. Começa a expor na Galeria Jacques Ardies de São Paulo, em 2000 e realiza em 2001, uma exposição individual no Museu Histórico de São José, Santa Catarina.
Sobre sua pintura, disse o poeta e crítico de arte Lindolf Bel: “Não é difícil encontrar o fio condutor na pintura de Doval.  Estriba-se na simplicidade, no resgate de temas humildes, na releitura de paisagens urbanas e nos lugares redescobertos. Mais fantástico que surreal, Doval imprime o arco-iris em tardes de jogos. As figuras ingênuas, a irreverência na expressão,o pontilhismo transfigurador resultam numa arte de pureza e de lírica surpresa.”.





His youth Doval dedicated himself to football, playing in the under-17 team of the Inter club in Porto Alegre, and then for Figueirense and Caxias, two teams from the state of Rio Grande do Sul. After the regular tiring training sessions, he painted obsessively, seeing in it a magic formula to bring balance to his life, and an alternative profession from which he could make a living.
With his wife and two daughters, he moved to São José, near to Florianópolis in the state of Santa Catarina. He participated in collective exhibitions at Galeria do Teatro Carlos Gomes, in Blumenau, in the IV Salão Catarinense de Novos Artistas, in Florianópolis and in other events in Southern Brazil, actively participating in collective exhibitions, competitions and art auctions.
He exhibited individually at the Espaço Cultural Fernando Beck, in Florianópolis (1997), and at the Espaço Cultural Açu-Açu, in Blumenau, Santa Catarina, in the same year. He started to exhibit at Galeria Jacques Ardies in São Paulo in 2000, and in 2001 held, a solo exhibition at the Museu Histórico de São José, Santa Catarina.
The poet and art critic Lindolf Bel said of his painting: “It is not hard to find the underlying theme in Doval’s painting. He girds himself in simplicity and rediscovers humble themes reinterpreting urban landscapes and rediscovered places. More fantastical than surreal, Doval imprints the rainbow on afternoons filled with games. The naïve figures, the amusing expressions, the transformative pointillism result in an art of purity and of lyrical surprise.”