Biografia
Biografia de Waldomiro de Deus
1944 - Itagiba, Bahia
Fez sua primeira exposição em 1962, no Parque da Água Branca, em São Paulo.
A partir de 1966, Waldomiro viveu viajando pela Europa, expondo na França, Itália, Bélgica e Holanda e chegou a morar 4 meses num kibutz em Israel onde também realizou várias exposições. Apresentou seus quadros em muitas galerias e museus ao redor do mundo como na Galerie Antoinette de Paris, Galerie Isy Brachot de Bruxelas, 18° Bienal de São Paulo, Galerie l´Oeil de Boeuf de Paris, L´Ariette Gallerie d´Arte de Bolonha, Museu Anatole Jakovsky de Nice, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Galerie Charlotte de Munique, Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, entre outros. Considerado por vários críticos de arte como um dos maiores nome da arte naif brasileira. Realizou em 2014, no Museu de Arte de Goiânia, uma grande exposição retrospectiva da sua obra, comemorando seus 70 anos de idade. “Suas cores, seus temas, sua simbologia, sua personalidade e religiosidade se entrelacem e se confundem. Tudo é motivo para ele exibir uma técnica que aprendeu sozinho, sem nunca ter pisado numa escola de qualquer espécie.” escreveu o crítico Oscar d´Ambrosio no livro “Os Pinçeis de Deus” de sua autoria, publicado em 1999.

Obras disponíveis

O Pastoreiro – 101×130