IVAN MORAES

Ivan da Silva Moraes
Nasceu no Rio de Janeiro em 1936
Embora tenha nível superior, formado pela Escola de Serviço Social, pinta desde a infância. Posteriormente estudou no Instituto Municipal de Belas Artes e com Ivan Serpa no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro quando, então, o espaço dava grande estímulo a pintura espontânea e conseqüentemente deslanchou a carreira de vários pintores deste estilo. Um deles foi Ivan Moraes, que já em 1960 participou do “Salão Nacional de Arte Moderna” e, no mesmo ano fez sua primeira exposição individual no recinto do Museu de Arte Moderna.
No ano seguinte participou da “Bienal de Paris”, em 1963, da “Bienal de São Paulo” e, em 1966, da mostra “Arte Brasileira”, exibida em Nova York.
IIndividualmente  expôs na Galeria do Copacabana Palace de 1967 a 1970., na Galeria Ipanema  em 1971 e 1972 e na Galeria Marte-21 em 1975. Trabalhos de sua autoria figuram na obra Aspectos da Pintura Primitiva Brasileira, de Flávio de Aquino.
Suas figuras mais freqüentes são baianas, com suas vestes brancas, rendadas e douradas, que ele capta com riqueza de detalhes beirando ao realismo e os candomblés.
Para o crítico Walmir Ayala, “a cor é a sua arma forte: trata-a de forma linear, desempastada, firme(nenhum efeito supérfluo, nenhum meio tom)”. Faleceu no Rio de Janeiro em 2003.